domingo, 18 de dezembro de 2011

“Aliás, eu tenho que entender tantas outras coisas."


A garota tentava entender tantas coisas, como quem se agarra na esperança de chegar a algum lugar. Qualquer lugar serviria. Mas ela não sabia que coisas eram essas. Confusa, perdida dentro de si mesmo, em meio um turbilhão de emoções. Ela gosta da palavra emoção, pois regem sua vida e tudo ao seu redor. Sim, ela é uma metamorfose ambulante de emoções. Mas ela sabe que precisa encontrar o que ficou para trás, perdido no tempo. Precisa encontrar o que ainda não encontrou. Como reconhecer quando encontrar?
Ela não tinha nenhuma reposta, mas ainda insistia em fazer  perguntas sobre tudo que a intrigava, desconsertava e a emocionava.

3 comentários:

Lindayana Lopes disse...

Eu sei como é complicado, pensar no mundo e tentar resolver tantos problemas ao mesmo tempo é mesmo algo complicado !!

Retribuindo a visita que vc me fez ,
Beijos e Obrigada !
http://jeitomeninadeser.blogspot.com/

Ednaldo Souza disse...

Olá, estou te seguindo, me segue também http://eublogando21.blogspot.com/
Abraços.

Guilherme de Carli disse...

A transmutação humana é essencial para a melhora e o progresso dos indivíduos. Entretanto, como vc mencionou, não se deve deixar para trás os acontecimentos passados e nem aquilo que foi perdido. Ótimo texto!